Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


...

Segunda-feira, 02.08.10

 

Dizem-nos que não podemos captar o tempo

que o que passou passou por nós

e eu sorrio só para mim

 

Podemos eternizar esse tempo

essa é a nossa condição

é assim que nos mantemos no mundo

de outro modo tudo nos seria

insuportável

 

Volto por isso a esse tempo

que eternizo dentro de mim

como um filme sem princípio nem fim

mas com uma atmosfera, sempre amorosa

e uma claridade, de eterno verão

 

Nesse filme estão todas as pessoas que amei

e não me esqueço de nenhuma

e estamos num piquenique

e há risos e lembro-me de todas as vozes

todas

as suas entoações únicas e trejeitos muito próprios

e expressões e significados

cumplicidades que animam a alma

 

Não digo adeus

sou como os sioux

e as almas não dizem adeus

estão sempre unidas

 

no meu caso, é nesse filme e nesse piquenique

mas podia ser outro o cenário

tinha era de ser no verão

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 10:35

A nossa casa

Quinta-feira, 22.10.09

 

 

A nossa casa é branca

e está colocada no lugar certo

de um lado a montanha

do outro o lago

e no espaço intermédio

árvores e flores

 

Mas o melhor da casa é a luz

a luz da casa

que se inicia de manhá

primeiro oblíqua

depois vertical

 

Há um caminho para a casa

um caminho só

e só sabe percorrê-lo

quem de nós sabe

o riso e os abraços

 

A sala está virada para a entrada

de onde os podemos ver chegar

um a um, vamos recebê-los

deixando as suas vozes misturar-se

com a brisa que ali sempre passa

 

A nossa casa

é a nossa história comum

branca e luminosa

os gestos mais simples

palavras soltas

risos

algumas lágrimas

e o espaço subtil

que tudo ilumina

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 12:08

Açor (accipiter gentilis) a planar

Sábado, 17.10.09

  

 

Foi ontem que o avistámos. Na berma da estrada, em cima de um planalto sinuoso.

As penas castanhas ao sol da tarde formaram vários reflexos quando iniciou um breve voo.

Equilibrou-se de forma ágil na ponta superior de um pinheiro. Voou de novo e de novo pousou na ponta de outro pinheiro.

Pouco depois vimo-lo a planar num céu muito azul, mantendo-se quase imóvel, aproveitando uma ou outra corrente de ar para subir, sempre a planar, ou descer, as asas muito abertas.

Um ligeiro movimento e avança de lado rapidamente, como um avião nos filmes dos anos 4o.

A ideia de prazer, de total liberdade, sintetizada no planar de um açor no cimo de um planalto.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 15:35

...

Sexta-feira, 10.07.09

 

 

Dias de sol como desertos

daqueles dos filmes

com planícies intermináveis

 

Gostaríamos de adormecer

em dias assim

à sombra de uma árvore solitária

 

O que fizeste aos teus sonhos?

Esta é a pergunta que sinto ecoar

nesses dias de sol, antes de fechar os olhos

 

O que fizeste aos teus sonhos?

Não sei, será que esperam por mim?

... será que ainda posso ousar sonhar?

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 20:35

Do Baú:

Terça-feira, 05.05.09

 

 

Dias de trovoada no verão

em que tudo se torna mais vivo

e, no entanto, mais irreal

 

A humidade quente

o cheiro da terra molhada

a tonalidade cinzenta de sonho

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 20:26

Do Baú:

Quarta-feira, 15.04.09

 

 

A luz escorrega pela sala

lentamente

ilumina-me agora o caderno

toca-me nos dedos

amarelada e ténue

treme por trás da folhagem

 

Ficar assim

muito quieta

e deixar o vento passear por mim

sem nada alterar

nem esta tarde quase-noite

 

 

 



 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 22:23

Do Baú:

Quarta-feira, 15.04.09

 

 

Desejaria chegar finalmente a casa

 

Luzes na noite

e um caminho entre árvores 

 

 

 


 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 09:06

Do Baú:

Quarta-feira, 15.04.09

 

 

Nunca como agora

senti esta urgência de chegar a casa

 

Nunca como agora

perante este céu a escurecer

com as árvores por companhia

 

 

 



 

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 08:54

Do Baú:

Quarta-feira, 25.02.09

 

 

Volto a casa

no silêncio de fim de tarde

 

silêncio absoluto

perfil de montanhas

 

Sou da mesma matéria dessas montanhas

desse silêncio absoluto desse fim de tarde

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 13:48

Do Baú:

Sexta-feira, 20.02.09

 

 

Saboreio de novo o verde o azul

o cintilar do sol nas árvores e no chão

os cheiros a preguiça os risos

a água tépida no rosto nas mãos nos braços

 

e os sons (os sons que lembram tanta coisa)

os sons da noite

acabada de anoitecer

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 16:02








comentários recentes



links

coisas à mão de semear

coisas prioritárias

coisas mesmo essenciais

outras coisas essenciais

coisas em viagem